Plantar e cuidar de actinídios em sua casa de verão: recomendações de jardineiros


Você quer cultivar frutas exóticas em seu jardim, mas tem medo de que as plantas tropicais não criem raízes em climas temperados? Nosso artigo esclarecerá todas as suas dúvidas! Graças aos criadores, plantar e cuidar dos actinídios tornou-se possível para os jardineiros de todas as zonas climáticas.

Características da actinídia

Actinidia é um parente próximo do kiwi, uma planta dióica perene do gênero lianas lenhosas. Cresce até 1,5–2 m sem suporte Os caules lisos e flexíveis são cobertos com casca acastanhada. Folhas grandes, cordadas, de bordo serrilhado, verdes, sem estípulas. Quando o arbusto floresce, as pontas das lâminas das folhas ficam brancas, depois rosa e finalmente vermelhas.

Durante o período de floração, que vai de maio a junho, a planta é coberta por flores em taça com diâmetro de 1 a 3 cm. Sua cor depende da variedade e pode ser do branco ao roxo. A maioria das espécies de actinídios são inodoras, mas algumas variedades apresentam um aroma ligeiramente agradável. O amadurecimento dos frutos começa no início do outono. As bagas comestíveis oblongas são de cor amarelo-esverdeado ou laranja claro, crescendo de 1 a 8 cm de tamanho.

Vídeo "Plantando e cuidando da actinídia"

Neste vídeo, um especialista explicará como plantar adequadamente os actinídios e como cuidar da planta.

Quais são as diferenças entre a actinídia feminina e a masculina

Distinguir os actinídios femininos dos masculinos só é possível durante o período de floração. Ao plantar sementes, é impossível determinar o resultado com antecedência. Se você quer lindas flores e frutas saborosas, ambas as plantas devem ser plantadas no jardim.

O espécime feminino floresce com flores únicas, que contêm pistilos e embriões. O arbusto macho é facilmente reconhecível pelas inflorescências de 3-4 flores com muitos estames longos. A polinização transfere o pólen de uma planta para outra.

Variedades populares para cultivo

No total, os actinídios possuem mais de 70 espécies, entre frutas e variedades ornamentais. Os mais comuns são:

  1. Kolomikt. Espécies resistentes à geada, suportam temperaturas de até -42 ° C. Popular nos Urais e na Sibéria. Cresce até 5-10 m, coberta por bagas verdes de 2-2,5 cm de tamanho no início do outono, as folhas serrilhadas são verdes, com um pelo avermelhado. Desde setembro, a folhagem é repintada nos tons amarelo-vermelho e rosa-roxo. As melhores variedades: Lakomka, Abacaxi, Doutor Shimanovsky.
  2. Arguta. O maior dos actinídios, cujos caules atingem 36 m de comprimento. As placas das folhas são serrilhadas, lisas, de cor verde escura. O arbusto é despretensioso e frutifica abundantemente em qualquer condição. As bagas começam a aparecer no início de setembro. Frutas de até 3 cm de tamanho podem ser verdes ou roxas. As melhores variedades: Frutado grande, Autofértil, Primorskaya.
  3. Polygamum. Cipó fracamente ramificado com rebentos não superior a 5 m. É a única espécie em que, além dos frutos, as folhas também são comestíveis. As placas de folhas com pontas pontiagudas são verdes, mudando apenas parcialmente de tonalidade. As bagas de laranja são ricas em beta-caroteno e têm gosto de figo. As melhores variedades: Beauty, Patterned, Damasco.

Pouso em terreno aberto

Jardineiros experientes recomendam o plantio de mudas em terreno aberto, cuja idade não exceda 3 anos. É melhor comprar uma planta cujo sistema radicular esteja fechado. A luz solar direta, as altas temperaturas e a falta de umidade podem danificar os jovens actinídios.

Ao comprar mudas, deve-se levar em consideração o gênero da planta. Uma vez que é determinado apenas por flores, os brotos de um arbusto desbotado são mais adequados. A forma como a muda é cultivada também é importante. Os actinídios cultivados a partir de sementes perdem as características da variedade.

Tempo ideal

A actinídia pode ser plantada em qualquer época do ano, exceto nos meses de inverno. Os jardineiros não têm um consenso sobre o momento, então eles plantam mudas em diferentes períodos:

  • no início da primavera (antes do início da movimentação dos sucos);
  • na terceira década de abril (quando o arbusto florescerá);
  • no outono (antes das primeiras geadas).

Escolher a localização e composição do solo

O meio ideal para o cultivo de actinídios deve ser ácido ou ligeiramente ácido. Se o solo for neutro, é bem fertilizado para um crescimento confortável. Não é recomendável plantar uma planta em margas, bem como em locais onde exista um alto nível de água subterrânea. O arbusto crescerá confortavelmente em elevações em solo bem drenado.

Bons predecessores e vizinhos

O arbusto vai se sentir bem ao lado de plantas que não esgotam o solo (groselha preta, avelã). As leguminosas melhoram o solo e também mantêm um nível de umidade ideal. Você também pode plantar flores no jardim nas proximidades.

Não é recomendado cultivar lianas perto de árvores frutíferas. Eles absorvem muita umidade e formar o círculo sob a barra pode prejudicar o sistema radicular dos actinídios. Além disso, os brotos do arbusto, trançando os troncos, muitas vezes "sufocam" as árvores jovens.

Ajuste correto

Covas de plantio são preparadas 2 semanas antes do plantio. São feitas a uma distância de 50 cm umas das outras, com dimensões de 50x50x50 cm, uma camada de drenagem é colocada no fundo, uma mistura de solo é despejada em cima: húmus, carvão, superfosfato.

Antes do plantio, a planta é examinada cuidadosamente e as partes secas ou danificadas são removidas. As raízes são colocadas em um purê de argila, e o recesso de plantio é umedecido com 1 balde de água. Tendo baixado a planta no buraco, o colo da raiz é deixado nivelado com a superfície. O solo é calcado e coberto com cobertura morta. Termine o procedimento com rega abundante (2-3 baldes). Cubra o caule jovem com gaze ou papel para protegê-lo da luz solar direta.

Recursos crescentes

Independentemente da zona climática, o cipó decorativo requer cuidados e condições de cultivo especiais. Não é difícil criar um ambiente confortável para a actinídia - basta conhecer certas regras agrotécnicas.

Regar e cuidar do solo

Sem a rega adequada, o arbusto não poderá existir normalmente. Se o nível de umidade do solo for inferior ao necessário, a planta perderá suas folhas, parará de crescer e não suportará bem o inverno. Umidade excessiva também é ruim para a actinídia. Os jardineiros recomendam regar uma vez por semana. Ao mesmo tempo, um arbusto requer de 2 a 4 baldes de água e, em períodos de seca, o volume dobra. Após umedecimento, o solo é solto, as ervas daninhas são removidas e cobertas com uma camada adicional de cobertura morta.

Você pode regar a actinídia em uma folha apenas de manhã ou à noite.

Fertilização

Os fertilizantes minerais promovem o crescimento, ramificação, rendimento e também fortalecem a planta antes do inverno. A cobertura das vinhas é realizada três vezes por temporada:

  • no início da primavera: composições de nitrogênio (35 g), fósforo e potássio (20 g cada);
  • durante a formação dos ovários: nitrogênio (15–20 g), fósforo e potássio (10–12 g cada);
  • em meados de setembro, após a colheita: apenas fertilizantes fósforo-potássio (20 g cada).

As preparações são distribuídas sobre a superfície do círculo sob o cilindro e aprofundadas no solo em 10–12 cm. No final do procedimento, o solo deve ser abundantemente umedecido.

Formação da coroa

Os jardineiros recomendam a poda imediatamente após a floração. É necessário remover o excesso de brotos, bem como encurtá-los em um terço ao ano. A poda anti-envelhecimento é realizada apenas para plantas com mais de 8 anos. O procedimento, em que a liana é cortada em um toco com 30-40 cm de altura, é realizado a cada 3-4 anos.

Para um determinado tipo de arbusto, eles usam seu próprio método de poda. Portanto, o argut deve frequentemente ser desbastado, encurtando os caules, mas não toque no poderoso ramo principal. Em um kolomikt adulto, um rebento antigo é substituído por um jovem a cada ano, e a coroa é formada em forma de leque.

Controle de pragas e doenças

Actinidia é quase imune a infecções e parasitas. O cuidado adequado com o arbusto é suficiente para mantê-lo saudável. No entanto, às vezes a planta pode estar infectada com doenças fúngicas ou besouros das folhas. A remoção de brotos secos ou danificados, bem como frutas, salvará do apodrecimento e do oídio. Você pode destruir fungos e espantar insetos usando uma mistura de bordô (1%) ou solução de carbonato de sódio (0,5%).

Como propagar a actinídia

A reprodução da actinídia é um processo simples. É melhor fazer isso com mudas, pois a planta manterá sua propriedade da variedade, sexo, e começará a dar frutos por volta dos 3-4 anos. Arbustos mais resistentes crescem a partir de sementes, mas só darão uma colheita depois de 7 anos.

Sementes

O material de plantio é lavado, seco e embebido por 4 dias. As sementes embebidas são enterradas em um recipiente com areia, regando-as regularmente e arejando-as por 2 meses. Em seguida, pelo mesmo período, o recipiente, coberto com trapos, é levado ao frio. O próximo passo é colocar a caixa com as sementes em local fresco, onde aparecem os primeiros brotos após 20-25 dias. Eles são assentados em recipientes com solo ao meio com perlita, e quando aparece a terceira folha, são transplantados para o solo.

Estacas

Jardineiros usam dois métodos:

  1. Estacas verdes. Após a floração, um rebento de 10-15 cm de comprimento com três botões é cortado do arbusto. O broto é plantado em um buraco preenchido com uma camada de drenagem e uma mistura de húmus e areia. Cubra com papel alumínio, borrife duas vezes ao dia e ventile regularmente. A actinídia é transplantada para campo aberto na primavera.
  2. Estacas lignificadas. A poda dos ramos para o plantio é realizada no outono. O comprimento deve ser de 20 cm Os brotos são colocados verticalmente na areia e mantidos até o início de março, depois plantados em casa de vegetação. Quando as raízes aparecem, a muda é transplantada para um terreno aberto.

Estratificação de arco

O método consiste em lançar brotos verdes. Pequenos sulcos com 7–10 cm de profundidade são feitos sob o arbusto, uma camada de mistura de solo (serragem, turfa, húmus) é coberta e o caule jovem inferior é colocado, deixando o topo acima da superfície. Depois de cobri-lo com terra e fixá-lo com o vento, ele é regularmente regado para formar um sistema radicular independente. Separe o broto da planta adulta na primavera.

Coleta, armazenamento e uso da colheita

A actinídia começa a dar frutos por 3-4 anos e, a partir dos 7 anos, o faz regularmente. Um arbusto pode produzir de 12 a 60 kg de frutos. Colhida desde o final do verão até o final do outono. Bagas maduras são trituradas da videira para uma tela de espalhamento. O local de armazenamento deve ser fresco e bem ventilado. Além disso, as frutas podem ser congeladas, secas ou secas.

Devido ao alto teor de vitamina C e minerais, o actinídio é muito útil:

  • fortalece o sistema imunológico;
  • estabiliza o trabalho do coração, composição do sangue e elasticidade dos vasos sanguíneos;
  • tem um efeito benéfico sobre os órgãos do sistema respiratório;
  • combate doenças do trato gastrointestinal;
  • remove escórias;
  • melhora o tom e a elasticidade da pele.

Uma planta ornamental que não só pareça esteticamente agradável, mas também dê frutos, é o sonho de qualquer jardineiro. É resistente e relativamente despretensioso e, portanto, mesmo os iniciantes podem desenvolver actinídia.


Plantar e cuidar de actinídios (kiwi) em uma estufa, campo aberto e em casa, regras de cultivo

Nas florestas decíduas de Primorye, nas latitudes subtropicais da Ásia e da ilha de Java, existe uma planta que surpreende com brotos bizarros, encanta com a beleza e o aroma das flores brancas e rosadas. A Actinídia é uma das culturas mais antigas, sobreviveu à idade do gelo, portanto se adaptou a baixas temperaturas, normalmente tolera uma forte onda de frio. Conhecendo as peculiaridades de plantar e cuidar da actinídia, uma árvore pode ser cultivada em uma casa de verão ou em uma área suburbana.


Actinidia em uma treliça

No início, aprendi a formar corretamente os actinídios em uma treliça de 2 m de altura com três fios horizontais. Inferior - não inferior a 50 cm. Os arames verticais são colocados a cada 15 - 20 cm. A largura da treliça imediatamente teve que fornecer espaço livre - 1 m em ambos os lados. Se isso não for feito, as plantas que caíram para ela nos vizinhos irão gradualmente aparecer sob a copa e morrer. E se um caminho cair nesta zona, é um desastre completo!

A arquitetura do jardim às vezes não pode ser alterada. A ponta do caule vai atrapalhar a caminhada no caminho, ou as cipós terão que ser cortadas mais curtas, o que reduz o potencial da colheita. Para otimizar o uso do espaço da treliça, é melhor plantar arbustos em intervalos de 2 - 2,5 m. Se o plantio for feito com mudas vegetativas, apenas plantas fêmeas devem ser plantadas na treliça. E o macho (um para 5 - 6 videiras fêmeas) deve ser colocado separadamente. Isso se explica pelo fato de que, não carregada de frutas, gasta toda sua energia no crescimento e se desenvolve de forma mais intensa. E no nó ferroviário comum, o macho suprime as fêmeas, aliás é bastante difícil encontrá-lo, principalmente quando o mato já está crescido. É por isso que é mais fácil plantar separadamente. A distância pode ser de até 8-10 m. Não observei nenhum problema com a polinização com tal arranjo. Em geral, a formação de actinídios é semelhante à formação de uvas descobertas.


Variedades

Vamos examiná-los mais de perto. A lavanda é adequada para a região de Moscou? As variedades cultivadas em nossas latitudes são mostradas abaixo.

  1. Lavanda inglesa. Uma variedade bastante despretensiosa. Estes são arbustos compactos com folhas alongadas verde-acinzentadas. A alfazema inglesa floresce de junho a julho. Esta variedade é resistente ao gelo, portanto, é excelente para nossas latitudes.
  2. Lavanda holandesa. É o maior representante deste gênero. O mato pode atingir a altura de dois metros. Normalmente, esta variedade de lavanda é cultivada para fins industriais.
  3. Lavanda serrilhada. Esta variedade é termofílica, portanto é mais adequada para cultivo em interior. Difere em delicadas inflorescências roxas e pétalas prateadas.


Cuidado de Actinidia - poda, alimentação e controle de pragas.

Pragas e doenças de plantas

Cuidar da actinídia também significa protegê-la dos insetos, embora raramente ataquem a planta. O pior inimigo da videira é o besouro das folhas, é ele que causa os maiores danos às folhas e, consequentemente, à colheita. Lagartas de algumas borboletas, lesmas, crisopídeos, escaravelhos e chifres longos causam menos danos. Todos estes problemas são evitados pelo tratamento da planta com líquido Bordeaux, que é realizado no outono e na primavera.
Liana actinidia, crescer e cuidar de si facilita o fato de ela ser praticamente não suscetível a doenças. As exceções são o oídio, filostictose, mofo verde e cinza, podridão de frutas. O mesmo líquido bordalês 1% ajudará a eliminá-los e uma solução de carbonato de sódio a 0,5% eliminará o oídio.

Poda de actinídia

Os principais elementos do cuidado das plantas e uma das principais atividades para o cuidado dos actinídios é a sua poda. A planta precisa de desbaste sistemático e remoção de galhos e brotos secos. No entanto, a poda deve ser feita corretamente e no prazo. Pode-se cortá-la durante o período de floração e nas primeiras semanas após, bem como no final do outono, após a queda das folhas. Mas no início do outono e da primavera, a poda não pode ser realizada, caso contrário, toda a actinídia morrerá, o cuidado com ela será em vão e todos os esforços serão perdidos. Na primavera, o fluxo de seiva ativa começa e a planta cortada expira com suco, enfraquece e morre.


A poda envolve livrar-se dos brotos secos e danificados para que não interfiram no crescimento e desenvolvimento dos ramos saudáveis, tirando a força da planta. Os rebentos de crescimento são cortados no comprimento desejado e os rebentos mistos até 30 cm. Nas plantas adultas, os rebentos que deram frutos durante três anos consecutivos são cortados.

Cobertura e fertilizantes para actinídia

O resto da questão é "como cuidar da actinídia?" se resume a alimentar a planta para aumentar sua imunidade ao frio e aumentar a quantidade e a qualidade da colheita. A cobertura é realizada no início da primavera e consiste em fertilizantes de nitrogênio, potássio e fósforo.
A segunda fertilização é realizada durante a formação dos ovários, a composição dos fertilizantes é a mesma.
Após a colheita, costuma-se fazer uma terceira cobertura, desta vez limitada aos fertilizantes de fósforo e potássio.

Também existe uma solução mais simples e eficiente. aplicação de um integrado ► fertilizante inteligente Mivena ação prolongada - aplica-se uma vez na primavera e nutre os actinídios com a composição completa de todos os elementos por um ano, estimula o sistema imunológico da planta, aumenta a produtividade, tem propriedades fungicidas.

Cuidado de inverno actinidia

Brotos de actinídia podem suportar temperaturas baixas de até -20 - (-26) graus, robustez de inverno bastante grave. Se uma liana adulta pode suportar temperaturas e abaixo, então as plantas jovens precisam de abrigo. Durante os primeiros três anos de crescimento, os actinídios devem ser cobertos, materiais de cobertura morta são usados ​​- palha, tyrsa, agulhas e cobertos com agro-pano ou agrofibra - é muito importante usar apenas material respirável, o filme não é adequado.

Se sua planta já cresceu o suficiente para o inverno, você pode instalar uma moldura de quatro ou três racks ao redor dela, cobrir com agrofibra e cobrir com palha ou agulhas.

Como criar uma treliça para actinídia com suas próprias mãos

Se no seu local não houver um local adequado no qual as vinhas tenham a oportunidade de se apoiar e se arrastar - uma cerca, um mirante, superfícies inclinadas, a copa de uma velha árvore seca, etc., ele pode ser construído. Para fazer isso, você precisa de uma viga de madeira, parafusos, pregos e um martelo ou chave de fenda e, claro, uma grande vontade de criar beleza.

Etapas da construção da treliça

  • A altura da treliça será de cerca de 2 metros, o que significa que estamos preparando postes a partir de uma barra de 2,5 metros, levando em consideração o fato de que 40-50 cm irão para o subsolo, impregnamos parte da barra que vai para o subsolo com betume para evitar o apodrecimento da árvore, ou é melhor usar uma barra feita de pedra não apodrecida, madeira: lariço, carvalho, pinheiro bravo, abeto, cedro, acácia
  • Instalamos vigas de 2 metros em pilares prontos, e assim obtemos estruturas em forma de T
  • fazemos furos ou fazemos ranhuras na viga para a passagem do fio com passo de 40 cm
  • agora cavamos estruturas prontas em forma de T a uma profundidade de 40-50 cm, com uma distância de 5,5 m uma da outra
  • quando tudo está em pé, passamos o fio e puxamos as pontas do fio para as âncoras pré-instaladas no solo, este é um sistema muito estável

As vantagens deste tipo de treliça de cultivo de actinídios


Determinação da acidez do solo

Na indústria, a acidez do solo é determinada por um dispositivo especial - um medidor de ácido. Existem 2 maneiras simples de determinar a acidez:

  • Um punhado de terra preparada é espalhado com vinagre de mesa. O aparecimento de uma fervura específica e pequenas bolhas indicam uma acidez fraca. Solo ácido não reage com vinagre.
  • Abaixe o solo em 200 ml de suco de uva. Com uma elevada acidez do solo, o sumo mantém-se inalterado, com acidez normal ou baixa, escurece e borbulha.

Você pode dar a acidez ideal (pH 3,5–5,5) regando o canteiro do jardim com água acidificada (1 colher de chá de ácido cítrico ou oxálico, ou 1 xícara de vinagre por balde de água). Um eletrólito também é usado para baterias de ácido (50 ml do produto por 10 litros de água).


Thuja cuidado após o plantio

Durante o primeiro mês após o plantio, a thuja deve ser regada uma vez por semana, colocando um balde de água embaixo de cada planta. Se o verão for seco, faz sentido aumentar a quantidade de rega. Também é necessário pulverizar as plantas pela manhã. Isso é especialmente verdadeiro para thujas plantadas na primavera e no verão.

O círculo da raiz após o plantio do thuja deve ser coberto com cobertura morta. Se a planta for plantada na primavera ou no verão, isso é necessário para melhor reter a umidade, bem como para proteger contra o superaquecimento das raízes. Se for plantado no outono, esse procedimento é necessário para proteger o sistema radicular do frio. Como cobertura morta, você pode usar serragem, folhagem, grama, círculos de coco prontos.

Nos primeiros anos após o plantio para o inverno, os galhos precisam ser puxados juntos com uma corda ou barbante para que não quebrem com o peso da neve. Embora os thuja sejam resistentes à geada, as plantas jovens podem ser protegidas das geadas do inverno. Para este propósito, ramos de abeto ou material de cobertura leve são adequados. Materiais à prova de luz podem prejudicar a planta, porque thuja é uma planta perene, o que significa que o processo de fotossíntese ocorre durante todo o ano.

Você pode começar a podar thuja apenas a partir dos 3-4 anos de idade e modelar figuras de jardim ou uma cerca viva - depois de atingir a altura necessária.

Independentemente da época do plantio, o thuja cria raízes igualmente bem se todas as regras forem seguidas. Plante-os na primavera, verão, outono. Escolha o local certo e ame suas plantas. E eles vão encantar você com sua beleza e suas agulhas verdes exuberantes.


Assista o vídeo: FLOR VINCA PENDENTE


Artigo Anterior

Passos para plantar girassóis

Próximo Artigo

Descrição e características da variedade de tomate King of the Early